Como esperávamos, a Apple anunciou um crescimento de 78% dos ganhos na reunião que contabilizou as vendas do final de ano. No último trimestre, a empresa vendeu 7,33 milhões de iPads, 16,24 milhões de iPhones e 19,45 milhões de iPods. Quando esperamos que não há muito para onde crescer, os números mostram que as vendas do iPhone cresceram 86% quando comparados com o mesmo período do ano passado, o que já totaliza 90 milhões o número donos de iPhones e 160 milhões a quantidade de aparelhos com iOS no mundo. Se vocês forem ver, somos um grande exército ligado em torno desses aparelhinhos. O iPhone representa 39% do faturamento da maçã, e 2/3 dele são representados por aparelhos com iOS.

Não foi apenas o iPhone que teve um ótimo desempenho, as vendas de Macs também cresceram 23% quando comparado ao mesmo período do ano anterior. Não é tão significativo quanto o crescimento dos aparelhos com iOS, mas significa que a Apple está conseguindo transferir seus usuários de uma plataforma para as outras da empresa. Além disso, o lançamento do iPhone CDMA na Verizon e outras operadoras do mundo que utilizam essa tecnologia, deve aumentar ainda mais a penetração do iPhone no mercado.

Até aqui no Brasil, é possível ver o quanto os aparelhos com iOS ganharam terreno. Não possuo números oficiais, mas até o ano passado era relativamente raro eu ver na rua pessoas com iPhone ou mesmo iPod touch, e agora os vejo em todo o lugar, no metrô, ônibus, etc.