O subsecretário de Patrimônio Cultural da cidade do Rio de Janeiro, achou na internet um e-mail que, supostamente, seria como espécie de linha direta com Steve Jobs. Como usuário e fã da Apple enviou uma mensagem para este e-mail oferecendo um local privilegiado no Rio de Janeiro para abertura de uma loja oficial. A resposta desta mensagem foi:

“Não podemos nem exportar os nossos produtos com a política maluca de taxação super alta do Brasil. Isso faz com que seja muito pouco atraente investir no país.”

Apesar de ser o tipo de resposta que Steve Jobs costuma a dar (curta e grossa), acho um pouco estranha. Mesmo tendo total razão que, a taxação do Brasil é alta, deixando nosso país pouco atraente, acredito que não seria um investimento tão ruim assim.

Jobs tem consciência que, apesar dos altos impostos, seus concorrentes diretos (Microsoft, Nokia entre outros) tem lojas oficiais no país, e tenho certeza que estas não dão prejuízo. Por isso, para Apple seria sim interessante investir no país. Além disso ele sabe que mesmo sem uma loja oficial, o país tem um consumo excelente de seus produtos.

Acredito que um visionário como Steve Jobs enxergaria além dos impostos para investir em nosso país. Mas caso ele tenha dito isso mesmo, mais uma vez teremos de sofrer com a incompetência de nossos políticos em resolver um assunto que já estamos calejados de ouvir.

Mas ainda tenho fé que num futuro bem próximo podemos ter novidades quanto à abertura de uma loja oficial no Brasil. Vamos torcer para que a Apple melhore a visão de nosso país.