Sempre que um gadget é lançado, a China vai lá e copia. Pelo menos tenta. Tem o HiPhone, que é uma cópia descarada do nosso tão amado smartphone. Não se contentando, a HiVision apresentou o SpeedPad.

O concorrente, digo, a cópia mal-feita foi lançada na Cebit, feira alemã de tecnologia, a maior do gênero.

Agora vamos ao mísero hardware do aparelho: Processador Samsung 6410, de 800 MHz, 256 MB de RAM, (sim, o mesmo que aquele seu IBM com Windows 95 tinha) e 2GB de memória flash para que você tenha a liberdade de guardar seus arquivos. Ainda não acabou. No quesito software, a empresa promete o Andriod (eu não escrevi errado), que só pode ser o mobile OS open source do Google, o Android. A empresa ainda promete “web browser, e-mail, Google, mapa e clima”.

A tela do “negócio” tem resolução de 800×480, com touch screen resistivo, que tem uma precisão muito inferior ao do iPad, que por sua vez tem um display capacitivo.

O triunfo deste portátil, não é sua configuração, e sim seu preço. Você poderá levar um para casa pelo preço semelhante ao de um laptop da Xuxa – cerca de US$ 100, segundo os expositores que demonstram o produto na feira.

via