É o fim do mistério. Finalmente descobrimos quantos iPhones foram vendidos no Brasil. Em um ano foram comercializados oficialmente 175 900 iPhones no País, segundo a consultoria Gartner.

Este número, é claro, inclui apenas os telefones vendidos legalmente pelas operadoras. Os modelos da primeira e segunda gerações desbloqueados, trazidos em importação ilegal, não estão nesta conta.

Embora as empresas de celular que vendem o iPhone (Tim, Vivo e Claro) não divulguem informações de venda por aparelho, o Gartner apura as informações de várias fontes, inclusive fornecedores de componentes, clientes — além de fazer suas próprias estimativas.

Mas o dado é confiável e deve ser bastante próximo da realidade. O Gartner está entre os institutos mais confiáveis para este tipo de informação.

De acordo com estes números, entre o terceiro trimestre de 2008 e o segundo trimestre deste ano a Apple teria conquistado 1% do mercado de celulares no Brasil.

Mas no trimestre passado, como mostra o gráfico, a Apple tomou um banho da Research in Motion, fabricante do Blackberry. Desde a chegada do iPhone, seu grande concorrente  vendeu 296 400 unidades entre agosto de 2008 e junho de 2009. As vendas colocam a RIM como detentora de 1,8% de participação de mercado no setor de celulares.
Apesar de a briga mais acompanhada ser a de iPhone x Blackberry, em volume a campeã disparada é a Nokia, que tem desde os modelos mais simples aos mais sofisticados. A companhia finlandesa vendeu 14 858 000 aparelhos vendidos entre agosto do ano passado e junho último.
Créditos: Portal Exame